A Big Child Ministry

Te Rogo Para Que Todos Sejam Um – João 17:20-26

Posted on: 02/01/2006

A Big Child Ministry – abigchild.spaces.live.com

Te Rogo Para Que Todos Sejam Um
Reflexão sobre João 17:20-26
Por Marco Rubio –
abigchild@yahoo.com.mx   
Traduzido de espanhol por Pr. Gelson Piber para
www.soulfoodministry.org 

  
“Rogo também pelos que hão de crer em mim pela mensagem deles,
para que todos sejam um.”
Jesus [João 17:20-21]

Que fácil é orar por nós. Para que vá tudo bem. Para que não nos aconteça nada de mal. Para que tenhamos boa saúde. Para que não fiquemos sem trabalho.

Também pode ser simples orar pelas pessoas que amamos. Orar pelo pai e pela mãe. Por nosso companheiro ou companheira. Por nossos filhos e filhas. Por nosso querido amigo ou por nossa querida amiga.

Mas não é tão fácil orar por quem está fora de nosso círculo íntimo. Por exemplo: um parente distante do qual não gostamos e com quem nunca falamos, o colega do trabalho que sempre critica o que fazemos ou alguém que mal conhecemos e que faz piadas sobre nós.

E definitivamente, não estamos acostumados a orar por essas pessoas que não conhecemos. Pessoas que quem sabe temos visto por aí, mas que nunca nos interessamos por elas.

Mas, como diz Lucas 6:32-33 "Que mérito tem vocês ao amar aos que os amam? Os pecadores fazem assim. E que mérito tem vocês ao fazer bem a quem aos que fazem o bem a vocês? Pois os pecadores fazem o mesmo." (NVI)

Pouco antes de ser preso, Jesus passou suas últimas horas com seus discípulos, concluindo com uma oração: A Oração da Unidade.

Quem faz esta oração é o próprio Jesus e o motivo de sua oração, além de seus discípulos, são todos aqueles que crerão nele.

Algo do muito que podemos aprender desta oração, feita em um momento muito perigoso, em que a oposição estava a ponto de capturá-lo e a sombra da morte o espreitava, é que em lugar de pedir por ele mesmo, pede por todos os outros, por seus discípulos, pelos que crêem nele, pelos descendentes deles, inclusive ora por ti e por mim.

Definitivamente, que simples é orar por nós e para nosso beneficio, sobretudo quando as coisas não estão saindo como queremos.

Porém quando estamos nestas situações contrarias, pensamos em quantas pessoas se encontram na mesma situação? Nos recordamos daquelas pessoas que se encontram em situações piores que as nossas? Levamos em conta as pessoas que não podem lidar com situações com as quais nós podemos? Ou simplesmente nos concentramos em nossos assuntos e que os outros as resolvam como podem?

Dizia minha bisavó que não há oração mais poderosa que aquela que um outro faz por nós. Sería maravilhoso que um dia pudéssemos criar una corrente de oração que desse a volta ao mundo. Uma Corrente de Oração sem importar quem sejamos, que diferenças tenhamos, que façamos, em qual tipo de situação de vida nos encontremos ou em que lugar do mundo estejamos. Corrente que, ao final, regressaria a nós também.

Hoje eu gostaria que orássemos não por nós, nem pelas pessoas que estão dentro de nosso círculo íntimo, e sim por aquelas pessoas que mal conhecemos ou que simplesmente não conhecemos. Pela caixa do super mercado, por aquele moço que empacota tuas compras, pela garçonete que serve o café, pelo taxista que te leva ao trabalho, pela senhora idosa com a que tropeçaste ao dobrar a esquina, pela menina que te sorriu no outro lado da rua, pela mulher que vende rosas na esquina, pelo engraxate, por todas aquelas pessoas com as quais entras em contacto no dia de hoje.

Se fizéssemos isto, teríamos o beneficio de que um outro poderia também estar orando por nós, mas o mais importante seria que finalmente tornaríamos realidade as palavras de Jesus, cumpriríamos seu desejo, Todos nos converteríamos em Um.

 

João 17:20-26 (NVI – Nova Versão Internacional)

"Não rogo só por estes. Rogo também pelos que hão de crer em mim pela mensagem deles, para que todos sejam um, Pai, assim como tú estás em mim e eu em ti, permite que eles também estejam em nós, para que o mundo creia que tu me enviou. Eu lhes dei a gloria que me deste, para que sejam um, assim como nós somos um: eu neles e tu em mim. Permite que alcancem a perfeição na unidade, e assim o mundo reconheça que tu me enviaste e que os amastes a eles tal como me amaste a mim.
Pai, quero que os que me deste estejam comigo onde eu estou. Que vejam minha gloria, a gloria que me deste porque me amaste desde antes da criação do mundo.
Pai justo, ainda que o mundo não te conheça, eu sim te conheço, e estes reconhecem que tu me enviaste. Eu lhes dei a conhecer quem es, e seguirei fazendo-o, para que o amor com que me amaste esteja neles, e eu mesmo esteja neles."

New International Version (NIV) Copyright © 1973, 1978, 1984 by International Bible Society
                 

 

Creative Commons License Marco Rubio 2006/2009 Some Rights Reserved
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-Noncommercial-No Derivative Works 3.0 License.
Permission is granted to copy, distribute, display and/or perform this work, under the following conditions*: 1.- You must attribute the work to "Marco Rubio" but not in any way that suggests that he endorse you or your use of the work,and if apply you must make a link to the original URL address where the work was posted in; 2.- You may not use this work for commercial or profit purposes; 3.- You may not alter, transform, or build upon this work. 4.- For any reuse, you must make clear to others the license terms of the work by including this Creative Commons License Statement when you reproduce/print, distribute/share, or display/perform this work. 5.- Nothing in this license impairs or restricts the author’s moral rights.
(*)Any of these conditions can be waived if you get permission from the copyright holder at abigchild@yahoo.com.mx

Responder

Introduce tus datos o haz clic en un icono para iniciar sesión:

Logo de WordPress.com

Estás comentando usando tu cuenta de WordPress.com. Cerrar sesión / Cambiar )

Imagen de Twitter

Estás comentando usando tu cuenta de Twitter. Cerrar sesión / Cambiar )

Foto de Facebook

Estás comentando usando tu cuenta de Facebook. Cerrar sesión / Cambiar )

Google+ photo

Estás comentando usando tu cuenta de Google+. Cerrar sesión / Cambiar )

Conectando a %s

Año Nuevo, Proyectos Nuevos

Después de mucho meditarlo en los últimos meses, he decido poner fin a esta aventura.
Este blog ya no sé seguirá editando más.
Gracias a todos aquellos quienes visitaron con frecuencia este espacio desde que estaba en spaces.live.com.
Marco Rubio.
Enero, 2012.

RSS Mrkts en 4Shared

  • Ha ocurrido un error; probablemente el feed está caído. Inténtalo de nuevo más tarde.
A %d blogueros les gusta esto: